| Baratas

7 coisas que você precisa saber sobre baratas!

Os hábitos naturais das baratas são noturnos. Sabem que enquanto os seres humanos e animais estão mais ativos é hora de se recolherem. Baratas em atividade durante o dia indicam que a população está muito alta e não há esconderijos para todas.

2 –Baratas caseiras não têm nenhum papel na cadeia ecológica:
As baratas que vivem na natureza tem sim seu devido papel, já que contribuem para a reciclagem do material orgânico e servem de alimento para vários predadores. As baratas caseiras, por sua vez,não possuem função nobre no equilíbrio da natureza, convivendo com seres humanos causando desconforto e doenças.

3 – Elas têm pelinhos na parte posterior do corpo que lhes dão informações detalhadas sobre o inimigo:
Insetos dotados de um reflexo ultra-rápido, as baratas possuem na parte posterior do corpo, estruturas como pelinhos chamadas de cercis. Eles dão a capacidade de perceber os movimentos mais sutis do ar detectando possíveis ameaças, como a localização, o tamanho e a velocidade. Elas ainda enxergam muito bem, mesmo quando não há luz, e seus ouvidos são capazes de detectar até os passos de outra barata.

4 – Elas podem roer os seus lábios enquanto você dorme – e deixam ali microrganismos que causam doenças:
Essa velha história que ouvimos falar por aí infelizmente acontece de verdade. Serve especialmente para quem não escova os dentes antes de dormir. Baratas em sua busca sem fim por alimento e sua alta capacidade de detecção do mesmo, tem o péssimo hábito de roer os lábios das pessoas durante o sono para pegar partículas de alimentos. Lembrando que elas podem carregar a bactéria da peste, da febre tifóide, da cólera, o vírus da poliomielite, de um tipo de herpes e ainda podem transmitir vários tipos de conjuntivite. Eu hein!

5 – Elas têm uma capacidade incrível de se multiplicar:
A assustadora capacidade de reprodução das baratas : Em 150 dias de vida, uma única fêmea consegue botar cerca de 320 ovos, com altíssimo índice de sobrevivência dos filhotes. Além do mais aquelelíquido viscoso e branco que saida barata quando esmagamos uma é gordura e contém as reservas de nutrientes que vão alimentar as células do inseto quando faltar comida. Também funcionam como reservas para os ovos mesmo se a mãe morrer antes deles nascerem.

6 – As baratas conseguem viver vários dias sem cabeça:
Além de conseguir ficar até um mês sem se alimentar, este inseto também é capaz de sobreviver por vários dias sem a cabeça. Isso acontece pois suas principais estruturas vitais ficam espalhadas pelo abdômen e, nesses casos, um gânglio nervoso no tórax passa a coordenar os seus movimentos, permitindo que fujam das ameaças. Como seu corpo tem um revestimento de células sensíveis à luz, ela ainda pode localizar e correr para as sombras. Você pode ler mais sobre isso AQUI!

7 – único local livre delas são as calotas polares:
Apenas 1% das mais de 4 mil espécies são caseiras. As outras vivem na natureza, e estão espalhadas por quase todo o globo terrestre. A sua grande barreira ecológica é o frio intenso, nem Noruega ouFinlândia e seus invernos rigorosos escapam: elas aparecem em versões menores, mas aparecem! A única solução é correr para as calotas polares.

Fonte: Superinteressante



Contatos e Orçamentos