Pragas


Aranhas


Os aracnídeos são caracterizados por apresentarem o corpo dividido em duas partes (cefalotórax e abdomen), quatro pares de pernas presas ao tórax, um par de pedipalpos e um par de quelíceras, por onde injetam o veneno nas presas. Nem todas as espécies constroem teias, embora todas produzam seda, a finalidade da mesma varia entre: captura de animais, moradias ou proteção dos ovos.

No Brasil, as espécies peçonhentas mais envolvidas em acidentes pertencem aos gêneros Phoneutria, Loxosceles (aranhas-armadeiras), Latrodectus (Viúvas-negras) e Loxosceles (aranha- marrom). São notificados anualmente cerca de 5.000 acidentes. A predominância destas notificações são nas regiões Sul e Sudeste.


Medidas Preventivas



1 – Manter limpos os jardins, aparando e cortando a vegetação excedente.

2 – Remover entulhos, pedras, madeira, materiais de construção empilhados.

3 – Em local muito arborizado, fechar portas e janelas da residência ao entardecer.

4 – Manter fechados armários e gavetas que se constituem em excelente local de abrigo.

5 – Examinar roupas, principalmente camisas, blusas e calças antes de vestir.

6 – Combater a proliferação de insetos, para evitar o aparecimento de aranhas que deles se alimentam.

Contatos e Orçamentos